Números

Após investigar plenamente as artes do solo no universo clownesco, o Teatro de Anônimo partiu para os vôos. Com Intervenções Aéreas, os artistas redimensionaram sua pesquisa de linguagem, chegando a ponto de gerar uma metodologia de ensino própria. A partir desta base, o Anônimo vem criando microespetáculos aéreos numa invenção permanente de novas possibilidades. As intervenções podem atender a várias situações, como festas, convenções e festivais. E, de acordo com a demanda, outras técnicas podem ser utilizadas em números solos como a lira, o trapézio simples e o tecido.

 

Caleidoscópio

O número revela-se a partir de uma movimentação fluida, num desencadear de inúmeras formas, traduzindo a poesia da amizade no ar, a sensibilidade e a força feminina sobre um aparelho inédito que gira em um único eixo, no ritmo das emoções. Projeto contemplado pela Bolsa Virtuose – MINC (1998). (Foto de Sabrina Mesquita)

Ficha técnica
Trapezistas: Maria Angélica Gomes e Regina Oliveira
Direção: André Simard
Criação da coreografia aérea: Alain Veilleux
Supervisão final: Dani Lima
Criação do Aparelho: André Simard, Alain Veilleux, Maria Angélica Gomes e Regina Oliveira
Necessidades técnicas: altura mínima de 7m, som e luz compatíveis com o espaço.

 

Dentro da Noite

É um duo onde um casal se relaciona num trapézio. O aparelho, colocado bem próximo ao chão, permite que a movimentação se estenda para o solo onde entradas e saídas do objeto criam imagens poéticas e inusitadas. A noite é o cenário da ação, nela se revelam os encontros e desencontros dessas personagens que, numa partitura de intensos movimentos, sugerem ao espectador inúmeras leituras que refletem sensações e situações cotidianas.
 
Ficha técnica
Interpretação: Fábio Freitas e Regina Oliveira
Direção: Raquel Karro
Necessidades técnicas: altura mínima de 5m, som e luz compatíveis com o espaço.

 

Double Clown

Misturando poesia e comicidade, duas palhaças resolvem apresentar seu número de altura num trapézio duplo. Através de uma coreografia desastrada e ao mesmo tempo singela, elas tiram risos da plateia aliando, a um só tempo, a rigidez da técnica de aéreo com a ingenuidade do palhaço.

Ficha técnica
Trapezistas: Maria Angélica Gomes e Regina Oliveira
Criação: Maria Angélica Gomes e Regina Oliveira
Necessidades técnicas: altura mínima de 5m, som e luz compatíveis com o espaço
Duração: 7 minutos

 

Lolita

A maravilhosa e internacional trapezista Lolita é acompanhada, em seu número de bailado no ar, por seu apaixonado e excêntrico partner que, por excesso de zelo, acaba cometendo atabalhoadas confusões, transformando o número clássico de trapézio num divertido pastelão. (Foto de Celso Pereira)

Ficha técnica
Performance: Shirley Britto e Regina Oliveira
Necessidades técnicas: altura mínima de 7m, som e luz compatíveis com o espaço
Duração: 10 minutos

 

Silene - A mulher cobra

Nesse número cômico de contorcionismo e corda indiana, Silene, a serpente que encantou o paraíso, tambem vai encantar e seduzir  você. (Foto de  Valéria Simões)

Ficha técnica
Performance: Maria Angélica Gomes
Necessidade técnica: altura mínima de 5m com possibilidade de fixação de aparelhos aéreos ou altura de 7m para montagem de estrutura aérea
Duração: 5 minutos

 

 

Números Cômicos de Pista

 

Dandis Acrobáticos

Duo cômico acrobático em que o casal temperamental demonstra suas divergências, chegando a uma cena divertida.  Lili é dominadora, tenta a todo custo executar o número com precisão, mas não consegue pois seu partner Billy Johnson é um atrapalhado. (Foto de  Guito Moreto)

Ficha técnica:
Performances: João Carlos Artigos e Maria Angélica Gomes  
Necessidades:
 Cd player e som compatível com o local.
Duração:
 10 minutos
 

Boxe

Buscapé “a palhaça pugilista”, campeã dos pesos fracos, desafia o público na disputa do cinturão de couro. E para a surpresa de todos o desafio será de olhos vendados. (Foto de Celso Pereira)

Ficha técnica
Performances: Shirley Britto e João Carlos Artigos
Necessidades técnicas
 : cd player e caixas de som compatíveis com o local.
Duração:
 20 minutos

 

Chapéu

Partindo da gestualidade encontrada no sambista, no mestre sala e no malandro carioca, a cena se constrói a partir de uma relação de profunda intimidade entre o ator, o chapéu e a música. Nesse percurso, como na vida há descaminhos onde nem sempre a vontade do ator coincide com a vontade do chapéu, que se coloca como um objeto autônomo. (Foto de Celso Pereira)

Ficha Técnica
Performance: João Carlos Artigos
Necessidades técnicas:
 cd player e caixas de som compatíveis com o local.
Duração:
 4 minutos
 

Mala Moscovita

Um número de magia, onde o mago Vladmir Negrovski apresenta ao público sua mala misteriosa. Acompanhada por suas duas partners, uma delas é introduzida na mala, dentro de um saco amarrado e a mala trancada por um cadeado, cuja chave é entregue a uma pessoa do público. Na contagem de 3, como num passo de mágica a partner que estava dentro passa para fora e a que estava fora passa para dentro do mesmo saco.

Ficha técnica
Performances: Maria Angélica Gomes, Regina Oliveira e João Carlos Artigos
Necessidades técnicas:
 cd player e caixas de som compatível com o local
Espaço Cênico
 : 8 x 8 m
Duração
 : 12 minutos

 

Pietro e Macaca

Uma alusão aos artistas que perambulavam pelas ruas do Rio-antigo. Pietro é um falso italiano que com sua música contagiante ganha o público e apresenta seu grande trunfo: Darwin – a macaca com inteligência de gente.  Muito espertos Pietro e sua Macaca, levam do público não só a simpatia, chegando ao um final surpreendente. (Foto Iz Gobato)

Ficha Técnica
Performance: Fábio Freitas e Shirley Britto.
Necessidades técnicas
 : som compatível com o espaço.
Duração:
 20 minutos
 

Flor e Seu Cão Acrobata

O Cachorro Circense Yorik, extraordinariamente, para agradar e surpreender sua platéia, resolve aumentar o grau de dificuldade de seu número e realiza o magnífico salto mortal, flipado, carpado e flambado!!!!

Ficha Técnica
Performance: João Carlos Artigos
Necessidades técnicas:
 cd player e caixas de som compatível com o local
Duração:
 12 minutos
 

Gigi do Egito

"Diretamente das areias escaldantes do Saara": Gigi do Egito, a rainha dos lencinhos voadores. Com beleza e humor Gigi executa seus malabarismos e suas acrobacias de  uma  maneira muito particular e exótica. Ninguem poderá  resistir  ao encantamento e estranheza de seus  lencinhos coloridos bailando  no ar! 
Ficha Técnica

Performance: Regina Oliveira
Duração: 4 minutos

 

Conserto para Apitos

Buscapé executa sua peça musical, até que se depara com uma fatalidade do destino: seu estimado apito mirim ultrapassa a barreira da vida e vira estrela. Em seu périplo fúnebre, Buscapé leva o público às lágrimas de tanto rir. (Foto de Gustavo Gracindo)

Ficha técnica
Performance: Shirley Britto
Direção:
 Sérgio Machado e Ricardo Puccetti
 

Um, Two, Trois

Em cena, um clássico trio de músicos de orquestra apresenta uma infinidade de gag’s tradicionais e, tirando partido de uma partitura essencial, joga com a platéia criando a essência deste brinquedo cênico. (Foto Gustavo Gracindo)

Ficha técnica
Performances: João Carlos Artigos (Seu Flor – Acordeom)/  Shirley Britto (Buscapé  - Trompete) / Fábio Freitas (Pandeirinho e Trompete)
Duração:
 20 minutos
 

Diabolô

Ao som de “Lampião de Gás”,  de Enezita Barroso,  Buscapé tenta executar seu número de diabolô, sempre mal sucedido devido às interrupções do lento partner Prego, que encantado com o brinquedo, atrapalha todas as tentativas de Buscapé. (Foto de Valéria Simões)

Ficha técnica
Performance: Shirley Britto e Fábio Freitas
Duração: 
10 minutos

Últimas no Blog

A segunda-feira vai chegar, independentemente do resultado. E continuaremos...

Leia mais

Toda quarta às15h30, acontecem as aulas de acroyoga com o professor Jaime Esteban...

Leia mais
Seguindo o chamado da natureza...
O...
Leia mais