OFICINAS DO PONTO DE CULTURA TEATRO DE ANÔNIMO

Mais uma temporada de oficinas promovidas pelo Teatro de Anônimo - espaço permanente para pesquisa, formação e qualificação de profissionais que tenham como foco a comicidade e o circo:
Paspalharia - com Shirley Britto

Num ambiente divertido e descontraído, serão trabalhados jogos e dinâmicas de grupo e individuais.
Onde provocaremos o lúdico e o ridículo através da características da personalidade de cada um, e sem juízo de valores traremos a tona o paspalho que existe dentro de nós.

De segunda a quinta
25/07 a 28/07 das 19h às 22h.
Local: Casa Escola Benjamim
Rua Benjamim Constant, 120 - Glória RJ

Inscrições gratuitas!
Inscreva-se preenchendo a ficha de inscrição (http://goo.gl/iDhsQa) e enviando para o email anonimo@teatrodeanonimo.com.br.

 
Gestão para autonomia e produção cultural - com Flávia Berton
 
Utilizando alguns conceitos da produção cultural e gestão de empresas e muito da experiência do Teatro de Anônimo, com 30 anos de produção autônoma e gestão coletiva, essa oficina tem como principal objetivo, oferecer ferramentas para que os artistas e grupos criem uma maneira eficaz de gerir (produzir e distribuir) seus trabalhos numa perspectiva coletiva e solidária a partir de suas referências. Serão 5 turmas em maio, junho e julho. 
 
Segundas e quartas das 19 as 21h 
Turmas em maio (Turma 1 - de 2 a 11 e Turma 2 - de 16 a 25), junho (Turma 3 - de 6 a 15 e Turma 4 - de 20 a 29) e julho (Turma 5 - de 4 a 13).
Local: Casa Escola Benjamim
 
TURMA 1:
Gabriel Gomes 
Llian Castro 
Karine Drummond 
Laura Faleiros 
Luiz Fernando Equix 
Tamara Torres
Elton Modesto
Vanda Cortez
Vinicius Cardoso
Michell Xaviers
Laura Val
 
Corpo Presente - com Denise Stutz
A experimentação de um corpo que se move a serviço da imaginação e dos sentidos, impulsionado por imagens, associações e memórias. Jogos corporais estabelecem relações e ampliam a percepção do que nos rodeia: o espaço, o tempo, os outros. - O corpo - Trabalho com a musculatura e articulações do corpo. A investigação de novas possibilidades de movimentação de um novo corpo. Pensar em um corpo que cria questões e sentidos a cada movimento. O objetivo desta fase é ampliar a consciência do corpo e a partir desta consciência tentar entender e criar o sentido ao movimento no tempo e no espaço. - Improvisação - Trabalho com improvisação coletiva por meio de jogos e regras estabelecidas usando o corpo e a palavra. Os objetivos desta fase são: ampliar a percepção do que nos rodeia, trabalhar em coletivo e criar dentro do coletivo uma autonomia. - O processo de criação- A partir da pesquisa e dos materiais que surgiram durante o processo de improvisação o trabalho passa a ser direcionado para a composição cênica. A composição de uma cena, a construção de um sentido e de um pensamento claro através das ferramentas trabalhadas. O objetivo desta fase é juntar todo o processo para que cada participante tente descobrir qual a questão que o move e a importância do sentido para a criação de uma cena .
A oficina terá a duração de 3 meses. 
 
Quartas das 10:30 as 12h
De 04 de maio a 03 de agosto.
Local: Pavilhão Teatro de Anônimo
 
SELECIONADOS:
1- Ana Luiza Fabião
2- Maria da Conceição Carlos Miranda
3- Renê Carvalho
4- Fernanda Ferreira
5- Kadu Garcia
6- Pedro Serejo
7- Alê Bernnardos
8- Ana Machado
9- Courtney Allen
10- Dani Piveta
11- Diogo Vitor Araujo
12- Florencia Santangelo
13- Geantra Nobre do Nascimento
14- Adelly Constantini
15- Ruth Torralba
16- Vanda Cortez
17- Davi Abreu
18- Maria Angélica Gomes
19- Regina Oliveira
20- João Carlos Artigos
21- Fabio Freitas
22- Shirley Britto
 

Últimas no Blog

A segunda-feira vai chegar, independentemente do resultado. E continuaremos...

Leia mais

Toda quarta às15h30, acontecem as aulas de acroyoga com o professor Jaime Esteban...

Leia mais
Seguindo o chamado da natureza...
O...
Leia mais